Envolvimento das comunidades Locais na elaboração da EDL

A DESTEQUE iniciou os trabalhos de formulação da Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) para o período de tempo compreendido entre 2014 e 2020, seguindo as orientações preconizadas a níveis comunitário e nacional, e dando continuidade ao seu modelo de atuação, prosseguindo uma abordagem de proximidade ao território e aos seus agentes e contar com o envolvimento da comunidade na sua preparação. Neste contexto considerou-se fundamental partir da experiência verificada nos últimos anos e ouvir os promotores de projetos sobre os resultados alcançados e aspetos a melhorar futuramente. Estas Jornadas de trabalho constituíram, assim, um primeiro momento de partilha de informação e de envolvimento dos agentes locais na preparação da nova Estratégia. Estávamos a proceder à avaliação do que foi feito e à audição de propostas para o futuro junto dos agentes sócio económicos, dos agentes que criam riqueza e emprego no território. Estas jornadas foram concretizadas em sessões conjuntas em sala, de apresentação e debate, e, em sessões organizadas por temáticas: a) diversificação economia (microempresas e agroalimentar), b) turismo (alojamento, restauração, animação, comercialização), c) património educação e cultura e d) serviços de proximidade e sociais, participadas no seu todo por 99 atores. Seguiram-se sessões de trabalho com entidades com competências nas áreas chave do território, num total de 72. Para assegurar o melhor envolvimento dos atores e rentabilizar ao máximo os contributos das sessões de trabalho o convite endereçado continha estruturação prévia de itens: Caraterização do setor em que a instituição opera com destaque para os principais problemas que se colocam nos diversos domínios conforme a especificidade das atividades que desenvolvem; principais potenciais do setor e como os desenvolver; proposta de medidas/ações a integrar na EDL 2014-2020. Destes trabalhos foram elaborados relatórios de contributos partilhados e que assumem relevância na formulação da estratégia pela afirmação das espectativas, dinâmicas e vontade de investimento dos atores do território. No âmbito da parceria foram efetuadas sessões da direção, do órgão de gestão e da assembleia geral que proporcionaram uma participação ativa de todos os parceiros. Foram ainda disponibilizados outros meios de participação: elaboração e disponibilização de postal de recolha de propostas, ideias e projetos disponibilizados nas freguesias, em encontros, feiras e similares no território desde 2014, traduzidos até ao momento em 90 contributos.