Pelo segundo ano consecutivo a ZASNET, Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, promove o Concurso Hispanoluso Micogastronómico e, desta feita, em parceria com a Corane – Associação de Desenvolvimento dos Concelhos da Raia Nordestina, a Desteque – Associação para o Desenvolvimento da Terra Quente, e as associações micológicas Pantorra e Xixorra.

Esta iniciativa, que decorre de 10 a 26 de outubro, decorre, em Espanha nas províncias de Salamanca e Zamora e em Portugal na Terra Fria Transmontana (Bragança, Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso, Vinhais) e Terra Quente Transmontana (Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Mirandela, Vila Flor).

Através desta atividade pretende-se promover a utilização de cogumelos silvestres na gastronomia dos dois lados da fronteira e a dinamização do turismo mico gastronómico. Os restaurantes portugueses têm que apresentar uma entrada original confecionada como base principal os cogumelos silvestres (não cultivados). No ato de inscrição, os participantes têm de enviar uma foto da entrada (fiel reflexo da que se servirá durante o concurso) em formato digital e a receita da entrada a concurso.

Uma vez que se trata de um concurso há prémios, vão ser entregues um total de 12 galardões: 1º, 2º, 3º prémio para a modalidade de entrada na Terra Fria Transmontana; 1º, 2º, 3º prémio para a modalidade de entrada na Terra Quente Transmontana; 1º, 2º, 3º prémio na província de Salamanca e 1º, 2º,3º prémio na província de Zamora, na modalidade de tapa.

Os participantes devem apresentar uma ficha de inscrição, segundo modelo oficial para o efeito até ao dia 19 de setembro de 2014, na sede do ZASNET AECT ou na DESTEQUE, Associação de Desenvolvimento da Terra Quente.

A promoção do concurso vai ser realizada de forma conjunta, em diversos meios de comunicação social em Portugal e Espanha (Salamanca e Zamora), divulgação através de cartazes e folhetos e redes sociais, onde constarão os dados de todos os restaurantes participantes no concurso.

Esta é uma ação desenvolvida no âmbito do projeto Micosylva +: A micosilvicultura e a valorização dos cogumelos silvestres comestíveis como fator de sustentabilidade e de multifuncionalidade florestal, aprovado no âmbito do Programa de Cooperação Territorial SUDOE.

 

Tags: , , , ,